12 de junho de 2014

Programa TOPA distribui material didático-pedagógico em Barra do Choça

Alunas do Programa TOPA em Barra do Choça
A Secretaria Municipal de Educação, por meio do Programa Todos Pela Alfabetização – TOPA do Governo do Estado da Bahia, realizou nesta quarta-feira, 11 de junho, a distribuição do material didático e pedagógico nas turmas do programa no município. O material distribuído vai oferecer melhores condições para o trabalho dos alfabetizadores do programa, contribuindo significativamente no processo de ensino e aprendizagem.
Turma  do Programa TOPA no Povoado Vila Nova
Segundo gestor local do programa, Ivanilton Brito, “o material vai ser um diferencial para uma etapa exitosa, favorecendo o trabalho de todos os envolvidos, sobretudo, o aluno [alfabetizando] que estará bem mais motivado e preparado para enfrentar as dificuldades presentes nesta jornada”.

Dessa forma, os alfabetizadores e alunos receberam os kits (da turma e do aluno) com muita alegria, sendo visível a motivação por parte dos alfabetizandos atendidos. A coordenação pedagógica do programa avalia positivamente a entrega do material escolar e afirma que o mesmo vai favorecer a permanência do alfabetizando, reduzindo, portanto, a evasão nas turmas do programa. 

Aluna do Programa TOPA no distrito de Barra Nova
O Governo do Estado, através do Programa TOPA, incluiu no kit do aluno uma camiseta para cada alfabetizando cadastrado.

O município de Barra do Choça tem sido um importante parceiro do programa no combate ao analfabetismo local. Segundo informações oferecidas pela Secretária Municipal de Educação, o programa já alfabetizou mais de 3.000 mil alunos desde 2007, atingindo populações mais longínquas do município.

13 de maio de 2014

Programa TOPA de Barra do Choça realiza homenagem ao Dia das Mães





No planejamento do Programa TOPA do dia 09 de maio, sexta-feira, a coordenação pedagógica realizou uma linda homenagem às mães alfabetizadoras no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Com muita alegria e descontração as alfabetizadoras participaram das dinâmicas e homenagens ao dia das mães e socializaram sugestões e atividades pedagógicas. A ornamentação foi carinhosamente preparada pela coordenação, bem como uma lembrança que foi entregue a todas as mães do programa.

As mães são homenageadas desde os tempos mais antigos. Os povos gregos faziam uma comemoração à mãe dos deuses, Reia. Na Idade Média os trabalhadores que moravam longe de suas famílias ganhavam um dia para visitar suas mães, que os ingleses chamavam de “mothering day”.
Mãe é a mulher que gera e dá à luz um filho, mas também pode ser aquela que cria um ente querido como se fosse sua geradora, dando-lhe carinho e proteção. As mães merecem respeito e muito amor de seus filhos, pois fazem tudo para agradá-los, sofrem com seus sofrimentos e querem que estes estejam sempre bem.






Confira algumas imagens:

28 de abril de 2014

Lançamento da Sétima Etapa do Programa TOPA



O lançamento da sétima fase do Programa Todos Pela Alfabetização (TOPA), foi realizado no auditório da secretaria municipal de educação, no último dia (14). O programa, idealizado pelo Governo do Estado, atua em Barra do Choça desde 2007 e até hoje, já conseguiu alfabetizar mais de 3 mil pessoas, entre jovens, adultos e idosos. De acordo com informações da coordenação do projeto, 65% dos alfabetizados residem em comunidades rurais.
Durante o lançamento, profissionais da Secretaria Municipal de Educação, tiveram o primeiro contato direto com os alfabetizadores, que receberam orientações, bem como participaram do primeiro planejamento das atividades, que serão desenvolvidas durante as aulas. 460 pessoas foram cadastradas no TOPA, as aulas começam hoje (22) e terão oito meses de duração.
É importante dizer que, segundo o IBGE, a taxa de analfabetismo em Barra do Choça em 2000, era de 35.7%. Já em 2010, houve uma redução significativa no número de pessoas não alfabetizadas, a taxa caiu para 27.7%, esse percentual é equivalente a uma diferença de 6.877 pessoas.
De acordo com informações passadas por Ivanilton Brito, gestor local do TOPA, o bom desempenho do projeto em Barra do Choça, tem grande colaboração do município, porque mesmo se tratando de um programa estadual, a Secretaria Municipal de Educação, tem dado todo o apoio e suporte necessários para o TOPA funcionar bem na prática. “Hoje ainda temos uma demanda considerável que ainda não foi alfabetizada, mas estamos focando nesse público, para que possamos está melhorando ainda mais esses indicadores”, disse Ivanilton.

Texto: Karine Carvalho – Fotos: Rosenilton Soares – ASCOM/PMBC

20 de outubro de 2013

UESB REALIZA A FORMAÇÃO DO PROGRAMA TOPA EM BARRA DO CHOÇA



Nos dias 18, 19 e 20 de outubro, foi realizada a formação inicial para alfabetizadores e coordenadores de turmas da 6ª etapa do Programa TOPA de Barra do Choça. A formação foi promovida pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia -   UESB, e teve a duração de 24 horas, contemplando mais de 60 professores que atuam na sede e zona rural do município. 


O curso de formação teve como principal objetivo aperfeiçoar e socializar técnicas e conhecimentos teóricos e metodológicos voltados para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. Ressalta-se que a formação é de fundamental importância para que os professores troquem experiências e construam novos conhecimentos, potencializando o trabalho efetivado em sala de aula. 

A formação foi ministrada pelas professoras Marília Flores, Maria da Solidade e Ana Maria, nos três dias de formação, com auxílio técnico do gestor local do TOPA, Ivanilton Brito Santos.


27 de setembro de 2013

IBGE: pela 1ª vez em 15 anos, taxa de analfabetismo sobe


Analfabetismo no Brasil (1992-2012) (VALE ESTE) (Foto: Editoria de arte/G1)

A taxa de analfabetismo no Brasil parou de cair. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada nesta sexta-feira (27), em 2012, a taxa de analfabetismo das pessoas de 15 anos ou mais de idade foi estimada em 8,7%, o que correspondeu ao contingente de 13,2 milhões de analfabetos. Em 2011, essa taxa foi de 8,6% e o contingente foi de 12,9 milhões de pessoas.
Esta é a primeira vez que a taxa de analfabetismo aumenta em 15 anos. A última vez que o índice subiu em relação ao ano anterior foi em 1997. A partir de então, o índice vinha apresentando queda constante.

A taxa de analfabetismo no país tem se mostrado maior nos grupos de idades mais elevadas em todas as regiões. Entre aqueles que tinham de 15 a 19 anos de idade, a taxa foi de 1,2%, contra 1,6% entre os de 20 a 24 anos, 2,8% no grupo de 25 a 29 anos, 5,1% de 30 a 39 anos, alcançou 9,8% para as pessoas de 40 a 59 anos e foi de 24,4% entre os com 60 anos ou mais de idade.
Para IBGE, só a próxima Pnad poderá confirmar aumento do analfabetismo. "Ao longo do tempo a tendência foi de redução como um todo,  com taxas em níveis estáveis entre a  população idosa. O resultado de 2012 não é significativo em relação a 2011, pode ter acontecido por conta da amostragem probabilística. No ano que vem é que se vai ver se a taxa permanece estável ou continua na tendência de queda", disse a presidente do IBGE, Wasmália Bivar.

selo Pnad analfabetismo (Foto: Editoria de arte/G1)

A pesquisa aponta também uma diminuição na taxa de analfabetismo funcional, representada pela proporção de pessoas de 15 anos ou mais com menos de quatro anos de estudo. Caiu de 20,4% (2011), para 18,3% (2012). No ano passado foram contabilizados 27,8 milhões de pessoas nestas condições.


Fonte: g1.com

12 de setembro de 2013

Dia Internacional da Alfabetização foi comemorado no último domingo (08)

No Dia Internacional da Alfabetização, celebrado neste domingo (8), a Bahia tem o que comemorar com os resultados obtidos por meio do programa Todos pela Alfabetização (Topa). Nos últimos cinco anos, o Estado conseguiu reduzir cerca de 30% o índice de analfabetismo baiano (2007-2011), de acordo com os dados do Pnad-IBGE. Ao todo, mais de 1,1 milhão de baianos já foram alfabetizados pelo programa, que, em agosto, certificou mais 147 mil e, atualmente, conta com mais 185 mil pessoas em sala de aula, na sexta etapa.
Paulo Freire - grande nome na alfabetização de adultos no Brasil e no mundo
“O Dia da Alfabetização é um momento de muita alegria para todos nós, que trabalhamos com o Topa. Em 2007, o Governo do Estado estipulou a meta de um milhão de alfabetizados. É uma alegria muito grande saber que já ultrapassamos esse número e continuamos alfabetizando aquelas pessoas que, na sua infância e juventude, tiveram negado o direito de aprender”, disse o secretário da Educação, Osvaldo Barreto.

O agricultor Jonas Soares de Santana, 64 anos, é um exemplo de como o Topa pode transformar a vida de baianos de todas as idades. Morador do Encontro do Satiro, zona rural que fica a 13 quilômetros do município de Inhambupe, ele aprendeu a ler e a escrever com o programa. “Foi no Topa que conheci as letras, aprendi a fazer contas e a chance de conhecer tudo com mais clareza”.

Órfão de mãe aos 9 anos, Jonas teve que trabalhar cedo para sobreviver com o pai. “Queria estudar. Minha avó dizia que quem não sabe ler e escrever é como um cego que anda sem saber o lugar que pisa. Sem segurança, cai e morre”, diz o agricultor.

Representantes de Barra do Choça participam da cerimônia de certificação do TOPA em Salvador

1 TOPA
O programa Todos pela Alfabetização (Topa) entregou, na tarde desta quinta-feira (21), os certificados de mil baianos alfabetizados que representaram, em cerimônia simbólica, os 147 mil alunos da 5ª etapa do Topa, concluída em 2012. Realizado no Centro de Convenções da Bahia, o evento contou com as presenças do governador Jaques Wagner e do secretário da Educação do Estado, Osvaldo Barreto.
1 TOPA2
Maior programa de alfabetização para jovens acima de 15 anos, adultos e idosos do país, o Topa já beneficiou mais de 1,1 milhão de baianos em 407 municípios, atendendo 588 entidades dos movimentos sociais e sindicais. Durante a solenidade foram também divulgados os resultados da terceira e quarta etapas do Prêmio Cosme de Farias, que reconhece as melhores experiências na execução do programa.
Participaram do evento o gestor local do TOPA, Ivanilton Brito, a coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Iracema Santos as alfabetizadas Rita Sousa e Erita Teixeira, representando os alunos do TOPA na certificação. Na sexta etapa, 185 mil alunos estão em sala de aula. “Estamos tratando de um público com idade média de 45 anos, o que significa que há 30, 35 anos não tiveram a oportunidade de ir à escola e o que estamos fazendo é resgatar essas pessoas”, afirma Barreto.

7 de janeiro de 2013

Formações do Programa TOPA 2012


Coordenadora Naete de Jesus recebendo o Certificado do monitor da UESB Daniel
Foi realizado nos dias 20 e 21 de outubro (sábado e domingo), no Centro Educacional de Barra Nova – CEBN, a etapa final da FORMAÇÃO DE ALFABETIZADORES E COORDENADORES DE TURMAS promovido pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB. A etapa encerrou a formação de 40 horas para alfabetizador e 56 horas para coordenador de turmas do programa TOPA. A oficina foi ministrada pela Prof.ª Josefa Fernandes, professora adjunta do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas – DFCH da UESB. A formação inicial e continuada é um requisito (obrigatório) para a atuação dos alfabetizadores e coordenadores nas turmas de alfabetização e planejamentos. Dessa forma, a formação configura-se num momento de extrema produtividade e enriquecimento dos participantes, proporcionando uma práxis diferenciada, atendendo as particularidades do ensino de alfabetização para jovens e adultos.

TOPA, PBA e SEMED de Barra do Choça realizaram a Terceira Edição do Projeto Dia D Atividade Física e Saúde na Terceira Idade


Programa Barra do Choça Alfabetizada (TOPA e PBA) juntamente com a Secretaria Municipal de Educação de Barra do Choça realizaram no último domingo (03) a terceira edição do Projeto Dia D Atividade Física e Saúde na Terceira Idade. O evento aconteceu no Ginásio de Esportes de Barra do Choça, das 8 às 13 horas, contando com a participação de aproximadamente 350 (trezentos e cinquentas) participantes, entre coordenadores, alfabetizadores, alunos e comunidade. O Dia D Atividade Física e Saúde na Terceira Idade tem como objetivo resgatar o direito do idoso ao bem estar biopsicossocial, utilizando a atividade física como ação estimuladora e promotora de integração, melhorando consequentemente sua qualidade de vida.
Na oportunidade foram realizadas várias atividades como os serviços básicos de saúde, serviços de beleza (corte de cabelo masculino e feminino, escova e manicure), atendimento nutricional e assessoria jurídica. Outra novidade da terceira edição do projeto foi a participação da Academia Nutriforma que desenvolveu atividades, orientações voltadas para a saúde e bem estar do idoso e a apresentação do grupo de “Jump”. O CRAS Centro registrou presença com o Grupo de Capoeira da Terceira Idade que encantou o público presente com a destreza das senhoras capoeiristas.
O projeto teve a presença do Secretário Municipal de EducaçãoRicardo Amorim, da Assessora Especial da Reitoria da UESB, a Sr.ª Maria Clícia; da Supervisora Regional do TOPASolange Moutinho e da Diretora do SEMAE Edite Cortes.
Para o gestor local do TOPA, Ivanilton Brito, o projeto é de fundamental importância para a promoção de políticas públicas voltadas para a terceira idade no município, bem como para a integração entre os alunos dos programas de alfabetização, da sede e da zona rural. “Entendemos que a educação de idosos está totalmente relacionada com o bem estar e saúde do mesmo, para que os resultados pedagógicos tenham eficácia e sentido”, ressalta o gestor.
Para a realização do projeto foi essencial a participação dos colaboradores e parceiros, destacam-se a Secretaria Municipal de Saúde, a Escola Técnica de Cabeleireiros El-Shaday, a Academia Nutriforma, CRAS Centro e Ouro Verde, Dr. Ezequiel Barberino e o Sr. Eufrásio Lima, bem como os patrocinadores do comércio local e de Vitória da Conquista.

10 de outubro de 2012

TOPA de Barra do Choça visita o Parque Ecológico da Matinha


O Programa Todos Pela Alfabetização – TOPA de Barra do Choça em parceria com a Secretaria Municipal de Educação realizou no  dia 05 de agosto, domingo, o Passeio Ecológico no Parque Zoobotânico da Matinha (Zoológico), localizado no município de Itapetinga – BA. Participaram da excursão mais de 70 alfabetizandos, devidamente acompanhados por alfabetizadores e coordenadores pedagógicos.
O Parque da Matinha é dotado de uma reserva florestal rica e preserva no seu interior dezenas de animais, entre répteis, mamíferos e aves. As principais atrações ficaram a cargo dos felinos, macacos, aves, cobras, entre outros. Segundo o gestor local do TOPA, Ivanilton Brito, o passeio ecológico teve como objetivo conhecer a riqueza da fauna e flora presente na região, bem como apreciar a beleza dos inúmeros animais. A educação não se restringe apenas aos espaços formais, como a escola, mas, sobretudo, a partir das relações humanas estabelecidas entre si e o meio, ampliando o mundo vivencial do alunado, afirmou Ivanilton.
Um pouco mais sobre a Matinha: O município de Itapetinga, localizado no estado da Bahia, foi contemplado com uma vegetação exuberante de Mata Atlântica que aos poucos foi sendo substituída pela agropecuária e suas árvores de lei comercializadas, não diferindo do contexto nacional e mundial. Contudo, esse município possui uma unidade de conservação – O Parque Municipal da Matinha (PMM) -, o qual mantém conservada parte dessa vegetação.A Matinha é considerado um Parque muito importante para a sociedade, pois é a única área de proteção do município e o único zoológico do interior da Bahia. Sendo assim, deveria contribuir de forma efetiva e junto à sociedade no que diz respeito à mudança de postura do homem no seu trato com a fauna e a flora. Vale ressaltar, novamente, que ele abriga uma área de Mata Atlântica que praticamente está extinta no município; possui 46 espécies de animais, sendo 38 espécies da fauna nativa da região brasileira e, dessas, 2 espécies endêmicas da região sul da Bahia. Alem disto é uma área de lazer que é utilizada por toda nossa mmicrorregião; além de poder vir a ser um centro de pesquisa para escolas e universidades.